2017- Classificação dos produtores de Cape Town por Tim Atkin

Tim Atkin jornalista britânico e “Master of Wine” lançou na semana passada seu relatório sobre os vinhos da África do Sul de 2017.   Segue para “download”  Uma lista “free” com os nomes dos produtores.    TimAtkin_SA2017_CapeCl

Ele comentou “Que a África do Sul é uma referencia de qualidade para outros países dentro do Novo Mundo”. Sim, isso é verdadeiro concordo com ele, temos muita essência  por aqui e não pode passar despercebido.

Outra menção dele é “Consciente de que um crítico deve tentar recompensar o talento, independentemente de um longo histórico em alguns casos, escolhi meus produtores favoritos, em vez de mostrar as opiniões dos outros”.

Ele é um “Master of Wine” pode e deve expressar sua opinião, tenho certeza que pensando e agindo desta forma ele estará voltado a escolher com peculiaridade os bons produtores.

Os produtores por ele citado são de alta performance, eu sempre digo;  na África do Sul você se perde no meio de tanto talento, pois os produtores fazem de coração seus vinhos sejam eles grandes produtores, pequenos, garagistas ou “handcrafted” (artesanal) e, quando se faz o que gosta com paixão tudo se sai bem….

Foram 149 vinhos analisados, e dos 100 produtores que se classificaram 41 permaneceram nas suas classificações. Com isso percebemos muitas mudanças, isso é muito bom, estar em movimento e mostrando algo diferente sempre…. Nada como nos surpreender quando degustamos uma boa taça de vinho….. !!!!!

Você pode comprar o relatório completo, segue “link”

http://www.timatkin.com/reports/2017-south-africa-special-report

Cheers!!!!

Em torno da vizinhança !!!!

Eu poderia começar falando que a África do Sul é o sétimo maior país produtor de vinhos do mundo. Tem todos os estilos de vinhos, desde encorpados e vivos até mais refinados, espumantes e os fortificados. Com uma história que vem desde o século XVII, dentro do “Novo Mundo” a África do Sul é o país mais antigo.

Mas o que eu gostaria de falar mesmo é sobre a minha vizinhança, em Somerset West nas encostas das Montanhas de Helderberg nos sopés da cordilheira de Hottentots Holland encontramos uma vizinhança de peso diga-se de passagem. Fica a 40km de Cape Town, você pode tirar um ou dois dias para fazer visitas nas belas vinícolas desta região.

As rotas, Schaapenberg  onde encontramos algumas propriedades próximo à Somerset West, a Helderberg Foothills mais perto de Somerset West e da rota Helderberg Annandale ao norte de Somerset West que fica no caminho da rodovia R44 que está em direção à Stellenbosch.

Encontramos campos lindíssimos de vinha perto das montanhas, com vinhos citados em premiações e uma variedade de terroir que vem da influência do oceano, chuva moderada e terras que tem as sombras das montanhas.

Quando você vem de Cape Town pela rodovia N2 e entra em Somerset West quase no coração da cidade você vai encontrar Lourensford Wine Estate (fundada em 1700) e a Vergelegen Wine Estate ( fundada em 1700).  Vergelegen tem ao fundo as Montanhas de Schaapenberg com jardins deslumbrantes. Desfrute de uma taça de Espumante MCC Vergelegen no “Camphors Vergelegen – Signature Restaurant “ou no “Stables Vergelegen- Bistro Restaurant” você nuca irá esquecer desta degustação, ficou muito bem registrado para mim.

Na Lourensford você irá encontrar vinhos premiados, um dos meus preferidos é Voigneir 2008, 100% Voigneir, Merlot 2014,  100% Merlot, Shiraz 2014 e MCC  Brut Rosé 2013, 62 % Pinot Noir e 38% Chardonnay se assim desejar faça a degustação de Espumantes. Você ainda pode aproveitar o Bistro “The Millhouse Kitchen” e o “Lourensford Market.”

Morgenster Wine & Olive Estate” também fica no coração de Somerset West. Uma vinícola  de vinhos e olivas ( fundado em 1711), produzindo vinhos de estilo Bordeaux e um azeite virgem extra de excelente qualidade. A filosofia da propriedade é liberar suas misturas vermelhas do estilo de “Bordéus” somente quando se desenvolveram e envelheceram ao potencial e, por isso, a adega abriu vinhedos premiados com as marcas Morgenster e Lourens River Valley. O vinho que degustei foi o Lourens River Valleyum 2006 Blend,  46% Merlot, 32% Cabernet Franc, 18% Cabernet Sauvignon, 3% Petit Verdot.

Passando pelo meio cidade seguindo para a região de Sir Lowry’s Pass, sentido a cordilheira de “Hottentots” Holland, você irá encontrar

Waterkloof Wine Estate” vinícola biodinâmica. 

Paul Boutinet (Francês) em 1993 comprou a propriedade nas encostas do sul da Schaapenberg. Quando você chega na entrada da Waterkloof você a vista lá no alto e vai subindo enamorando as videiras. O restaurante Waterkloof é moderníssimo, tem uma vista maravilhosa da baia False Bay.  A sala de degustação é um luxo e no inverno você fica muito bem aquecido. Os vinhos são uma surpresa pois são vinhos biodinâmico e são chamados de “Honest Wines” Eu sou muito suspeita em falar deles pois Adoro…… e os meu preferidos são da família  “Circumstance”  e os que se destacam é o Sauvignon Blanc 2015 e o Chardonnay 2015.

Ken Forrester Wines, conhecido localmente como “A casa de Chenin Blanc”. Os vinhos de ícones dos vinhedos Ken Forrester são o FMC (Chenin Blanc) 2016, 100% Chenin Blanc , “The Gypsy 2013” um Blend 65% Grenache,  35% Syrah e o “Ken Forrester Roussanne 2013” 100% Roussanne tops.  Vir para Cape Town é passeio certo na vinícola Ken Forrester Wines o Sr. Chenin!!!!

Ao longo das margens da R44 você irá encontrar a  Eikendal situada no “Triângulo Dourado”, suas vinhas são de alta qualidade, tem ótimas condições de cultivo pois tem a brisa marítima durante o dia e à noite.

Iremos encontrar também Longridge Winery. Na encosta de Helderberg e os ventos do suldeste criam as condições ideais para os vinhos encorpados.

Na Annandale Road  você encontra a “Annandale Wine Estate”  é a propriedade mais antiga de Helderberg com data de 1679 o proprietário é uma lenda do rugby Gerhard ‘Hempies’ du Toit.  A adega com data anterior a 1700 sobreviveu até hoje e é uma sala de degustação. Hoje Annandale esta concentrada no cultivo de uvas vermelhas com 20 hectares de Cabernet Sauvignon, 12 hectares de Shiraz, 10 hectares de Merlot e 3 hectares de Cabernet Franc.

Ainda na R44, vamos avistar os belos campos da  Avontuur Wine Estate  uma vinícola familiar que está situada nas encostas Montanha Helderberg. Encontramos vinhas de qualidade na Avontuur os vinhos da família “Premiere Range” são os tops. A família Avontuur tem outra paixão, os cavalos para fins de reprodução, eles são lindos, muitas vezes passamos na frente e eles estão lá passeando no pasto livres….

Hidden Valley Wines como o nome diz “escondido”sim os vinhedos ficam bem escondidos, situados nas encostas do norte das montanhas de Helderberg, estão a 269 m acima do nível do mar, com a brisa do mar resultam em um “terroir” único. 

Hidden Valley Farm também tem plantações de oliveiras. A vista deste lugar é fantástica, você consegue ver os vinhedos a sua volta. Nada como uma espumante Brut para celebrar.

Vamos encontrar também a Vinícola Uva Mira localizada a 620 metros a cima do nível do mar, ali é só frescor, estamos ainda nas Montanhas de “Helderberg Annandale.” Em um vinhedo familiar, quando você entra na sala de degustação o sentimento é que você esta entrando em um castelo com uma vista da sacada muito linda. Uva Mira tem vinhos de qualidade mais se você puder fazer uma degustação não deixe de ter um “Bordeaux Blend” O.T.V. 2014 60 % Cabernet Franc, 40 % Cabernet Sauvignon com sabores equilibrados e a complexidade é acentuada um belo vinho, sua história conta que é para celebrar a família e amigos nada como não fazer uma Lining Up Wine e celebrar sempre.  Cheers!!!!