Celebration of Heritage Day (Dia da Celebração do Patrimônio)

Comemorado em 24 de setembro o Dia da Celebração do Patrimônio “Celebration of Heritage Day”. Nesta data os sul-africanos recordam o patrimônio cultural e as muitas línguas que compõem a população da África do Sul, todos são incentivados a celebrar a sua cultura e a diversidade de suas crenças e tradições, no âmbito mais amplo de uma nação que pertence a todas as pessoas. Estarão celebrando com eventos culturais, festivais, “Braai”(churrasco) entre amigos e familiares em todas as cidades.  

http://www.capetownmagazine.com/things-to-do-for-heritage-day

http://https://www.youtube.com/watch?time_continue=150&v=YblQCcsK2so

Tradição é uma palavra com origem no termo em latim traditio, que significa “entregar” ou “passar adiante

Somos reflexos de nossas heranças culturais, transmitimos os costumes, comportamentos, memórias, rumores, lendas. Cada um transmite para sua família e sua comunidade e isso de expande. Então vamos celebrar a nossa herança a nossa cultura com nossos familiares e amigos…. Convide à todos faça seu “Braai” escolha seu vinho predileto e,

“Celebre hoje, celebre sempre… !!!!

Happy Heritage Day!!!”

Cheers…..

2017- Classificação dos produtores de Cape Town por Tim Atkin

Tim Atkin jornalista britânico e “Master of Wine” lançou na semana passada seu relatório sobre os vinhos da África do Sul de 2017.   Segue para “download”  Uma lista “free” com os nomes dos produtores.    TimAtkin_SA2017_CapeCl

Ele comentou “Que a África do Sul é uma referencia de qualidade para outros países dentro do Novo Mundo”. Sim, isso é verdadeiro concordo com ele, temos muita essência  por aqui e não pode passar despercebido.

Outra menção dele é “Consciente de que um crítico deve tentar recompensar o talento, independentemente de um longo histórico em alguns casos, escolhi meus produtores favoritos, em vez de mostrar as opiniões dos outros”.

Ele é um “Master of Wine” pode e deve expressar sua opinião, tenho certeza que pensando e agindo desta forma ele estará voltado a escolher com peculiaridade os bons produtores.

Os produtores por ele citado são de alta performance, eu sempre digo;  na África do Sul você se perde no meio de tanto talento, pois os produtores fazem de coração seus vinhos sejam eles grandes produtores, pequenos, garagistas ou “handcrafted” (artesanal) e, quando se faz o que gosta com paixão tudo se sai bem….

Foram 149 vinhos analisados, e dos 100 produtores que se classificaram 41 permaneceram nas suas classificações. Com isso percebemos muitas mudanças, isso é muito bom, estar em movimento e mostrando algo diferente sempre…. Nada como nos surpreender quando degustamos uma boa taça de vinho….. !!!!!

Você pode comprar o relatório completo, segue “link”

http://www.timatkin.com/reports/2017-south-africa-special-report

Cheers!!!!